Desafio da gestão esportiva – Como gerar lucro com as Arenas da Copa do Mundo do Brasil em 2014?

Copa Brasil 2014

Revista Exame 23/11/2010

Brasil busca lucro ‘impossível’ em estádios para copa do Mundo

“São Paulo/Madri – O Brasil corre atrás de companhias europeias para realizar uma missão considerada impossível por especialistas: transformar em operações lucrativas os estádios necessários para que o País sedie a Copa do Mundo de Futebol da Fifa em 2014. Os estádios estão orçados em US$ 2,8 bilhões.

Governos estaduais do Brasil já estão assinando contratos com empresas especializadas na operação de arenas esportivas, como as que atuam em estádios europeus, casos do Amsterdam Arena, na Holanda, ou do Estádio da Luz, em Portugal. Ao mesmo tempo, a IMG Worldwide Inc., de Nova York, está procurando oportunidades existentes no Brasil, disse Ted Forstmann, presidente da multinacional do entretenimento, em entrevista.

O problema é que não existe fórmula para garantir retorno financeiro em investimentos desse tipo, segundo especialistas como o ex-diretor comercial do estádio de Wembley, em Londres, Paul Fletcher. No caso brasileiro, o desafio é maior porque envolve 12 arenas em lugares tão distantes como Manaus, capital do estado de Amazonas, e São Paulo, maior centro urbano da América do sul, disse Fletcher.

“Não conheço nenhum estádio que tenha gerado lucro”, disse Fletcher, que administrou ou atuou como consultor em 12 arenas no Reino Unido ao longo dos últimos 20 anos…”

Essa eu quero ver. Como gerar receitas com as arenas que serão construídas para a copa do mundo de futebol do Brasil em 2014?

Qual o modelo de negócio adotado para concepção das arenas que serão construídas para copa? Quais serão as fontes de receitas? Que serviços serão oferecidos ao público e para a comunidade local para que usufruam das arenas e consumam seus produtos e serviços? Como os projetos pretendem envolver seu público, não apenas o público turista que virá à Copa, mas sim o público brasileiro, os moradores locais, do entorno das arenas, qual estratégia foi traçada para fortalecimento e fidelização de futuros consumidores? O desafio é enorme e até agora eu não vi nenhuma resposta…

Hoje a média de público do campeonato Brasileiro é de 14.563 pessoas, com arrecadação média de R$ 290.147,27, estamos falando de um ticket médio de quase R$20,00, até o momento foram 360 jogos realizados (dados da CBF). Segundo a matéria da revista Exame, Marcim Herra afirma: “cada estádio tem que sediar cerca de 340 eventos por ano para atingir um nível de receita superior aos custos operacionais mais as despesas financeiras”.

Se levarmos em conta a afirmação acima, se fossem apenas realizados jogos, nossos campeonatos todos, a partir de 2014, teriam que somar 4.080 partidas (12 arenas x 340 eventos), isto é, um aumento de 1.134% no número de jogos disputados, ou então, realizar todo o campeonato brasileiro em apenas uma arena. Considerando que o menor dos estádios tenha cerca 30mil lugares, teríamos que aumentar a média de público em pelo menos 100%, isto sem levar em consideração o preço do ticket…

Fico aflito com estas questões, e vejo um risco enorme de perdemos uma bela oportunidade de fortalecer o esporte no país e deixarmos um legado realmente significativo.

Por favor amigos, me ajudem a entender, alguém já viu ou participou da elaboração dos projetos de viabilidade econômica das arenas? Alguém sabe me responder?

Leia mais em Brasil busca lucro “impossível” em estádios para copa do Mundo

Sobre LUCZ consultoria em esporte

Consultoria em Esporte, Fitness e Qualidade de Vida. Projetos e Marketing Esportivo, Gestão em esporte e Fitness, Treinamento, palestras e Eventos esportivos.
Esse post foi publicado em 2014, Futebol, Gestão e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s