Qualidade de vida – Dicas

clip_image001

 

A busca pela qualidade de vida é uma preocupação constante na vida moderna, nós procuramos sempre abordar e ajudar de alguma forma nossos leitores sobre o tema. Num post anterior procuramos esclarecer o que é qualidade de vida, hoje  vamos compartilhar algumas dicas de qualidade de vida, o texto foi escrito por: Karin Sato do portal InfoMoney

 

“SÃO PAULO – Quem nunca teve um dia de fúria, aquele em que a vontade era de abandonar tudo e ir morar no interior, na praia ou até em outro país? O estresse se transformou no mal da modernidade. As pessoas ficam estressadas porque trabalham demais. Ao dar muita atenção à profissão e pouca aos amigos e à família, elas se estressam porque sentem falta da vida social (afinal, nenhum ser humano pode viver isolado, como se estivesse em uma ilha).
Ainda há um estresse ocasionado pelo
trânsito enfrentado no trajeto trabalho-casa ou pela falta de sono adequado, que, por sua vez, tem raiz na ansiedade. E os nutricionistas alertam para o estresse físico, causado pela falta de nutrientes no organismo. Ora, mas quem consegue comer bem e cozinhar todos os dias, quando trabalha demais e chega tarde em casa?
“O estresse é um gatilho que afeta onde o indivíduo é mais sensível”, avisa a vice-presidente da ABQV (Associação Brasileira de Qualidade de Vida), Sâmia Simurro. Parece que estamos em um beco sem saída. Mas, antes de enlouquecer, saiba que é possível conviver com tudo isso, preservando sua qualidade de vida. A busca pelo equilíbrio emocional é o melhor caminho para tal, e não mudar de
emprego ou de país.
O conselho de Sâmia é preparar o emocional para aguentar a pressão. “Embora as
empresas estejam mais preocupadas com a qualidade de vida de seus colaboradores, não vejo um futuro diferente do que temos agora. A pressão continuará existindo e as pessoas devem desenvolver a resiliência. Mas as maneiras de enfrentar o estresse mudam de indivíduo para indivíduo. Não há uma regra de ouro.”
Saiba o que é importante para você
Às vezes, as pessoas sentem que precisam dar mais atenção à vida pessoal, à família ou aos seus relacionamentos, em detrimento do trabalho. Logo, é isso que ela precisa fazer, mas fugindo do sentimento de culpa. O importante é ter consciência de que cada um tem controle sobre sua vida, pode fazer escolhas sempre que necessário.
Além disso, seja otimista. “O otimismo e a visão positiva tornam a pessoa muito mais criativa para encontrar as soluções possíveis, além de diminuir o efeito que aquele estresse tem sobre você”, afirma a vice-presidente. “Pesquisas têm demonstrado que os otimistas vivem 19% mais tempo do que os pessimistas, costumam ser mais eficientes e obter resultados mais positivos no trabalho.”
Ela dá algumas dicas práticas para quem procura qualidade de vida:

  • Entenda de forma clara a expectativa de seus superiores;
  • Um dos fatores que mais estressam o profissional é a falta de reconhecimento. Se isso acontece com você, procure satisfação fora do trabalho, focando mais na vida pessoal ou em algum hobby;
  • Tenha um sono repousante, de qualidade, mesmo que não tenha tempo para dormir a quantidade de horas indicada pelos médicos;
  • Priorize a alimentação equilibrada, com frutas, legumes, verduras e fontes de proteína;
  • Tenha amigos. Manter amizades pode ser difícil, em meio a uma rotina agitada, mas vale a pena tentar, já que o indivíduo com amigos sente mais confiança em si;
  • Seja otimista e tenha bom humor no dia-a-dia. “Tem gente que é muito negativa e inclusive tem uma visão negativa sobre si mesmo. Felizmente, a psicologia diz que o otimismo pode ser aprendido”, revela a vice-presidente da ABQV;
  • Não faça julgamento sobre as situações;
  • Avalie apreciativamente uma situação;
  • Considere todas as alternativas;
  • Acredite que nada dura para sempre;
  • Aproxime-se de pessoas otimistas e com visão positiva da vida;
  • Desenvolva a capacidade de delegar tarefas, mas sem medo de perder o emprego;
  • Aprimore seu planejamento diário, evitando reuniões improdutivas;
  • Não seja escravo da tecnologia. Há quem passe o dia estressado, por conta da lentidão do computador. Isso sem falar das pessoas que, após passar o dia na frente do computador, chegam em casa e a primeira coisa que fazem é ligar o computador;
  • Cuide do seu equilíbrio emocional. Se você estiver bem consigo, conseguirá ser um bom marido/uma boa esposa e pai/mãe e um/a colega de trabalho agradável;
  • Não descarregue as dificuldades do trabalho em seus familiares. Seja cordial em casa;
  • Seja tolerante em casa. “Criamos nossos filhos para serem cidadãos do mundo, com opinião própria, mas, quando eles discordam da gente, ficamos bravos”, diz a especialista;
  • Seja gentil com as pessoas, mesmo que desconhecidas. “Gentilezas fazem bem à saúde”, garante Sâmia;
  • Seja sensível às necessidade de pessoas próximas e, principalmente, transmita segurança aos filhos. As crianças crescem inseguras, em ambientes estressantes;
  • Colabore com as tarefas domésticas;
  • Esteja em casa no horário das refeições. É importante reunir a família ao menos uma vez por dia;
  • Crie oportunidades para conversar com os filhos, mas não para cobrá-los, apenas para conversar;
  • Faça um trabalho voluntário, mas tome cuidado para que ele não se torne uma fonte de estresse, mas de prazer.”

Sobre LUCZ consultoria em esporte

Consultoria em Esporte, Fitness e Qualidade de Vida. Projetos e Marketing Esportivo, Gestão em esporte e Fitness, Treinamento, palestras e Eventos esportivos.
Esse post foi publicado em Qualidade de Vida e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s