Copa 2014. Problemas na organização e desentendimentos entre governo e analistas.

Desde a escolha do Brasil para sediar a Copa de 2014, vários relatórios foram liberados sobre a infraestrutura necessária para a realização do evento.

Nos últimos dias, com a aproximação da competição, passados 41 meses da escolha, a 26 da Copa das Confederações e 38 da Copa, o número de relatórios aumentou, principalmente em face ao pouco que foi realizado até o momento.

Ipea, TCU, Sinaenco liberaram relatórios nos últimos dias relatando sérios problemas na construção de estádios e na expansão dos aeroportos nas cidades que receberão partidas.

O relatório do IPEA sobre as reformas nos terminais aeroportuários, causou desconforto no governo, que através da Ministra do Planejamento e da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, negaram  que haja “desespero” para a conclusão das obras que devem ficar prontas para a Copa do Mundo de 2014 e para as Olimpíadas de 2016. Segundo eles, o governo vai cumprir todos os compromissos assumidos para organizar os dois eventos. Os ministros desqualificaram o relatório. “Foi um pesquisador do Ipea que resolveu fazer recortes de jornal e fazer um pronunciamento. Não é a posição do governo”, afirmou Gilberto Carvalho. “O estudo do Ipea é um ponto de vista. Nós temos outros dados para lidar com isso”, disse Belchior.

Ontem o Sinaenco divulgou um relatório sobre a situação dos estádios para a Copa. Segundo a instituição, o levantamento mostra que, em São Paulo, depois do veto do Comitê Organizador Local (COL) ao estádio do Morumbi, em 16 de junho de 2010, a construção do estádio do Corinthians, em Itaquera (SP), segue “sem definição”. Ainda conforme o relatório, a construção e gestão do Estádio das Dunas, em Natal, era o projeto “mais atrasado” até fevereiro deste ano.

Entre relatórios e respostas do governo, deveria haver uma preocupação maior em assumir a situação e tomar medidas para evitar maiores atrasos e proporcionar meios para que as obras sigam após seu início sem problemas que possam atrasar ainda mais seu fim.

Para saber mais acesse. Estadão, Portal G1, Portal G1

Abraços

Rafael Zimak

Sobre LUCZ consultoria em esporte

Consultoria em Esporte, Fitness e Qualidade de Vida. Projetos e Marketing Esportivo, Gestão em esporte e Fitness, Treinamento, palestras e Eventos esportivos.
Esse post foi publicado em 2014, Copa 2014, Esporte, Gestão e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s