Handebol. Mundial feminino no Brasil sofre alteração de sede.

No dia 27/04 publicamos aqui que as arenas para o mundial de handebol feminino que ocorrerá no país ainda não estavam prontas.

Com a demora do estado de Santa Catarina em adequar as arenas que receberiam jogos e a oferta de Rússia e Turquia, que se ofereceram para sediar o evento, São Paulo assumiu como sede, que terá início em 2 de Dezembro. O país recebeu o direito de organizar o torneio em 2008. A CBHb, ainda apontou problemas estruturais como hotéis para ratificar a mudança de sede.

“Infelizmente tivemos que retirar o Mundial do estado de Santa Catarina, pois não foram dadas as garantias necessárias de adequações e montagem das arenas provisórias”, informou o presidente da Comissão de Organização de Competições da Federação Internacional, Leon Kalin, que já havia feito uma visita de inspeção nas sedes do Mundial no último mês de fevereiro.

Na ocasião, Kalin afirmou que todas as cinco possíveis sedes teriam que passar por ajustes. No entanto, as modificações não cumpriram as exigências da IHF. A entidade, então, deu um prazo de dez dias para que a CBHb (Confederação Brasileira de Handebol) indicasse um outro Estado.

São Paulo assume a competição e já começa a apresentar problemas. O ginásio do Ibirapuera, escolhido para ser o ginásio a ser utilizado na capital, foi reinaugurado no último domingo (22) e precisará ser adequado para receber os jogos. A quadra do ginásio não possui a dimensão oficial do handebol, 40 X 20 metros e uma divisória de material transparente, recém colocada, precisará ser retirada para a ampliação da quadra de jogo. Ainda assim, segundo dados das inspeções em Santa Catarina, a IHF exige um espaço de 46 metros para a quadra de jogo, deixando um recuo de 3 metros de cada lado após a linha de fundo, o que poderá exigir o recuo da arquibancada do ginásio.

Outras exigências feitas a Santa Catarina deverão incluir pequenas alterações nas sedes paulistas, Santos, São Bernardo do Campo e Barueri, como adequações em vestiários, salas de imprensa e algo pouco conhecido nos ginásios brasileiros, a climatização.

As cidades escolhidas como sede, receberão em breve a visita da Comissão Organizadora que examinará as alterações que deverão ser feitas em cada sede em aproximadamente 1 mês, pois antes as cidades passarão pelo processo burocrático de escolha.

Para Saber mais leia em Uol as reportagens sobre a alteração da sede. Reportagem 1Reportagem 2.

Mais uma vez o país se mostrou pouco preocupado com a organização de um grande evento, deixando para última hora toda a organização. E que venham Jogos Militares, Copa e Jogos Olímpicos, que já começam a ser organizados sem os devidos cuidados e prazos.

Abraços

Rafael Zimak

Sobre LUCZ consultoria em esporte

Consultoria em Esporte, Fitness e Qualidade de Vida. Projetos e Marketing Esportivo, Gestão em esporte e Fitness, Treinamento, palestras e Eventos esportivos.
Esse post foi publicado em Esporte, Handebol, Instalações Esportivas e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s