Projetos. Introdução ao gerenciamento de projetos.

Como auxílio aos leitores do blog que tem em mente a execução de um projeto, por menor que ele seja, será necessário organizar e gerenciar o desenvolvimento do projeto. Assim, para ajudar nos processos iniciais e na execução deste projeto, falarei aqui sobre o gerenciamento de projetos.

Para que fique mais claro, serão elaborados diversos posts, cada um tratando de uma parte do gerenciamento de projetos.

Neste primeiro post, trago a conceitualização de projeto, gerenciamento de projetos e as habilidades interpessoais necessárias.

Primeiro vamos definir projeto. Segundo o Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos, projeto “é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo”.

Como fica claro na descrição, projeto envolve um esforço temporário, portanto, possui início e fim estipulados, sendo finito. Além de temporário o projeto é também exclusivo. Normalmente uma equipe é organizada para realização de determinado projeto e na sequência todos voltam realizar suas funções normais.

Para o desenvolvimento do projeto são utilizadas práticas do gerenciamento de projetos. O gerenciamento de projeto é definido como

aplicação de conhecimento, habilidades, ferramentas
e técnicas às atividades do projeto a fim de atender aos seus requisitos. O
gerenciamento de projetos é realizado através da aplicação e da integração dos
seguintes processos de gerenciamento de projetos: iniciação, planejamento, execução,
monitoramento e controle, e encerramento. O gerente de projetos é a pessoa
responsável pela realização dos objetivos do projeto”.

É necessário desde o início entender o ambiente onde o projeto será construído e para onde ele será direcionado, possibilitando assim o levantamento de informações necessárias para iniciar o planejamento do projeto.

No quesito habilidades interpessoais, o gerenciamento destas relações inclui.

-Comunicação eficaz. A troca de informações
-Influência sobre a organização. A capacidade de “fazer com que as coisas
aconteçam”
-Liderança. Desenvolver uma visão e uma estratégia e motivar as pessoas para que
alcancem essa visão e essa estratégia
-Motivação. Estimular as pessoas para que alcancem altos níveis de desempenho e
superem as barreiras que impedem as mudanças
-Negociação e gerenciamento de conflitos. Conversar com outras pessoas para
chegar a um entendimento ou um acordo
-Resolução de problemas. A combinação entre definição do problema, identificação
e análise de alternativas e tomada de decisões.

Podemos já observar que o decorrer do processo exigirá de seus participantes uma grande dose de vontade, negociação e resolução de problemas, principalmente.

Nos próximos post trarei mais informações sobre o gerenciamento de projetos.

Até lá.

Abs.

Rafael Zimak

Sobre LUCZ consultoria em esporte

Consultoria em Esporte, Fitness e Qualidade de Vida. Projetos e Marketing Esportivo, Gestão em esporte e Fitness, Treinamento, palestras e Eventos esportivos.
Esse post foi publicado em Gestão e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s